sexta-feira, 15 de maio de 2009

Direções

Veja por onde andava
Rastro de pensamento ,
De tudo , nada bastava
O existir do momento.

Do tempo , eu aliciava
As horas tão inocentes
E logo a noite acabava
Em espelhos dementes.

E aqui , aonde cheguei !
Dentro de mim calabouço,
Jamais saberei o que sei
Sequer num leve esboço.

Nenhum comentário: